A vantagem da incerteza

O título deste post surgiu-me pela primeira vez em 2002 quando iniciava a meu doutoramento. Se já nessa altura me parecia adequada a necessidade das organizações terem a capacidade de reconhecer ameaças e oportunidade com elevados níveis de antecipação e eficácia, hoje revela-se critica num ambiente económico e social extremamente volátil ,caracterizado por fortes flutuações, instabilidade e processos altamente dinâmicos.

Neste contexto de incerteza, a tomada de decisão torna-se mais complexa e a necessidade de mais e melhor informação torna-se vital. Hoje cada elemento do processo estratégico de uma organização, seja ele um recurso interno, um cliente ou outro agente, tem um comportamento único, tornando a tarefa de descobrir padrões que regulem as suas acções e expectativas numa tarefa extremamente complicada. Isto não torna impossível descobrir e apresentar regras válidas para o seu comportamento, mas torna necessário a inclusão de novas variáveis que reflictam o nível de conhecimento e adaptabilidade das entidades cujo comportamento se pretende descrever. Assim, existe a necessidade de recolher novo tipo de informação sobre esses agentes. Não só aquela residente nos sistemas base, mas também informação não estruturada, como dados de redes sociais ou de contactos directos (num balcão, através de um call center, etc). Estes dados irão permitir desenvolver novas modelos de criação de conhecimento que irão potenciar o surgimento de novas competências internas responsáveis por criar novas formas de relação com clientes, fornecedores, colaboradores e todas as outras entidades do ambiente da organização.

A incerteza traz mais e nova informação. A vantagem da incerteza surge da capacidade de assimilar estes novos dados, transformando-os em novo conhecimento que após ser incorporado dentro dos processos de negócio da organização, torna-a, não só mais capaz de enfrentar desafios, mas também eficaz no aproveitar das oportunidades naturais existentes em ambientes voláteis, criando organizações mais flexíveis, eficazes e sustentáveis
.

Deixar uma resposta