Analíticas ajudam a cumprir metas de eficiência energética

eficiência energéticaFazer uma correcta gestão da energia é um desafio. Mas algo que tem de ser feito, tanto mais que há objectivos e directivas europeias a cumprir.

A Eandis, uma das maiores distribuidoras de electricidade e gás na Bélgica optou por investir em ferramentas de visualização analítica e de gestão de dados para poder gerir, de forma eficiente, a sua rede. Com o objectivo de melhorar a distribuição e, simultaneamente, cumprir as metas da EU 2020 a empresa optou pelo SAS Visual Analytics e pelo SAS Data Management.

Ferramentas essenciais, como reconhece Jean-Pierre Hollevoet, Director de Network Management na Eandis, para se conseguir cumprir o objectivo de aumentar a eficiência energética em 20%, até 2020. Para o executivo as tecnologias (como as analíticas, integração e visualização de dados) são críticas para se estar a par com as chamadas tecnologias smart e para, através do fluxo de dados da Internet das Coisas, criar valor.

Isto permite que a Eandis não só obtenha dados (e conhecimento) valioso como consiga reagir às variações do mercado, do consumo… de forma a disponibilizar a energia necessária, de uma forma mais eficiente.

A prioridade dada a este tema é bem visível nos objectivos estabelecidos pela União Europeia mas também pêlos vários encontros (nacionais e internacionais) que se têm (e continuam) realizado. A 17 de Setembro, por exemplo, a capital portuguesa recebe um deles, o SAS Energy Summit. Um evento Pan-Europeu onde serão debatidos os desafios e as soluções da indústria. Olivier Goethals, Enterprise Architect & Manager BICC na Eandis Belgium virá a Portugal explicar de que forma a sua empresa utiliza o Visual Analytics e o Agile BI para gerir a distribuição da energia na sua rede.

Pode obter mais informação ou registar-se no SAS Energy Summit AQUI.

 

 

Deixar uma resposta