Como transformar dados em diamantes

Num mundo de incertezas e desafios económicos, a importância da monitorização e medição do desempenho das organizações, conhecendo os comportamentos dos seus clientes e cumprindo as exigências regulatórias tornou-se evidente. Neste sentido, a Gestão de Informação, o Business Intelligence e o Analytics assim como a sua boa implementação, tornaram-se fatores críticos para a sobrevivência e proporcionam vantagens competitivas para as organizações.

Atualmente, é através dos dados que são fornecidos às organizações que se extraem os insights sobre o desempenho do negócio e, consequentemente, são tomadas decisões mais ajustadas aos contextos e desencadeadas as melhores operações a realizar. Contudo, para que os dados se tornem relevantes e tenham valor para as organizações é necessário que sejam bem utilizados e analisados.

É aqui que o Business Intelligence se torna uma categoria central na tomada de decisões, uma vez que inclui a extração, organização, armazenamento, análise e visualização de dados, transmitindo informação relevante e facilitando a gestão das estratégias de negócio. Para além do BI, o Analytics vem complementar a análise, centrando-se no levantamento de questões que permitam avaliar as tendências ao longo do tempo e comparar os diferentes dados recolhidos.

Porém, com a ampla quantidade de informações que as empresas recolhem, nem sempre é possível explorar todas as vantagens que os dados reúnem. Neste contexto, surge o Data Mining, o qual vem responder às questões que à partida não teriam sido colocadas. O Data Mining, muitas vezes sustentado através de machine learning, permite analisar todos os fatores de forma a contribuir para a descoberta de novos padrões, anteriormente não identificados.

Apesar da forte componente tecnológica envolvida nestes processos, é cada vez mais comum envolver outras áreas, como o marketing e o negócio, nestes procedimentos. Assim, as soluções que vão para além da área de TI conseguem responder a necessidades específicas no acompanhamento e reconhecimento do cliente. Poder antecipar o futuro e decidir quais as ações mais adequadas para aumentar os resultados do negócio é uma tarefa que requer colaboração, análise e tempo de vários profissionais e decision makers.

Esta realidade é transversal a todos os setores de atividade, desde a indústria, à saúde, aos transportes, e até mesmo aos serviços públicos. As áreas em que a tecnologia tem maior impacto são, naturalmente, as que geram maiores  volumes de dados como o setor financeiro e o de utilities.

Todavia, as soluções e as ofertas tecnológicas a utilizar devem ser sempre adequadas não só a cada sector, mas também à especificidade de cada empresa. É através de uma solução customizada que é possível fornecer a informação certa no momento certo, no formato certo e para a pessoa certa, conseguindo assim assegurar os objetivos estabelecidos.

Adicionalmente, ter uma visão 360º da estratégia de negócio e de como tudo está interligado é essencial para que os dados se possam transformar em conhecimento. Da mesma forma que o carbono necessita de condições especiais para se transformar num diamante, também os dados necessitam de um processo de análise intensivo e adequado para que se transformem em diamantes que podem gerar novos insights para o negócio. Esta transformação é possível se existir uma sustentação da parte tecnológica tanto na criação de bases de dados como na análise de informação e na manutenção constante dos conteúdos analisados.

Ainda assim, os dados recolhidos pelas organizações têm muito conhecimento para transmitir que por vezes fica oculto e não é valorizado. Por esse motivo, é importante que exista um acompanhamento realizado por profissionais com conhecimento e experiência consideráveis e relevantes, tanto de tecnologia como de negócio, que procurem todos os dias responder aos novos desafios das organizações relacionados com o Business Intelligence e o Analytics. A exemplo dos diamantes, o valor dos dados depois deste processo é infinitamente maior para o negócio.

 

Miguel Guedes
Director, Consulting
CGI

Deixar uma resposta