Conheça o primeiro cyborg oficial do mundo

ciborgueJá ouviu falar de Neil Harbissin? Deveria. Não porque seja um excelente jogador de futebol ou porque tenha enchido, em todo o mundo, estádios com concertos ou mesmo porque tenha ganho um Emmy ou um Oscar. Não. Simplesmente porque ele é a primeira pessoa a ter sido oficialmente reconhecida como sendo um cyborg. Ele é retratado, na sua fotografia do seu passaporte britânico, com uma antena sobre a sua cabeça porque, segundo ele, esta se tornou parte do seu corpo.

Neil Harbisson tem-se, de forma gradual, e desde 2003, transformado num cyborg, quando começou a usar uma antena, que usou para traduzir cores em sons. Isto permitiu-lhe distinguir as cores, um verdadeiro presente para uma pessoa com uma condição (de saúde) que reduziu a palete de cores a tons opacos de cinza.

Hoje em dia ele não só consegue distinguir as cores através da descodificação, mas também consegue comunicar com um grupo restrito de pessoas (sendo Ruby Wax uma delas) usando apenas o seu corpo, ou mais precisamente, os implantes que inseriu na última década “Eu não uso a tecnologia, eu sou a tecnologia”, afirma Neil.

Gostaria de ouvi-lo (e vê-lo) falar sobre como percepciona a Amy Winehouse como vermelho e rosa (e não preto, como seria de esperar)? Ou descobrir como foi ferido em Barcelona? E por último, mas não menos importante, sente curiosidade sobre o que ele está a fazer com todos os dados digitais recolhidos e processados?

Se é o caso não hesite e registe-se no SAS Fórum Portugal 2017, que se realiza, em Lisboa, dia 22 de junho de 2017.
O “nosso” orador é apenas uma das muitas razões para se juntar a nós.

 

 

Deixar uma resposta