#DataForGood: Ajudar a Salvar o Planeta

Sabia que até recentemente os pandas gigantes estavam no top 10 das espécies mais ameaçadas? Que estavam em risco de extinção, chegando a haver menos de 2.000 exemplares no seu habitat natural? Que a perda de habitats, a caça ilegal e as alterações climáticas estão a reduzir todo um conjunto de espécies e a causar tensão na coexistência com os humanos?

A WWF – World Wide Fund For Nature é uma das (talvez a mais influente) organizações que alerta para os problemas ambientais do planeta e combate os mesmos (através da educação e de programas específicos). As dificuldades são inúmeras. Se por um lado é necessário educar as pessoas e nomeadamente as gerações mais novas e explicar que é fundamental proteger o planeta, por outro (e talvez mais importante – a curto prazo) há que saber exactamente o que está em perigo e quais as oportunidades de conservação. Ou seja, faltam dados ou estes necessitam de ser trabalhados.

E é aqui que as empresas de análise de dados podem ajudar. Empresas como o SAS. Através da disponibilização de ferramentas analíticas e da formação dos colaboradores da WWT. O novo projecto vai permitir disponibilizar todo um conjunto de programas de licenciatura, certificação e outros programas educacionais de conservação de todo o mundo. Uma espécie de repositório de todos os cursos existentes e relacionados com a área de actuação da WWF.

Adicionalmente o programa permite algo muito útil: a recolha de dados. Todos podem contribuir para o enriquecimento do repositório, tornando-o mais rico e útil. E, para simplificar essa participação foi criada uma aplicação. As pessoas apenas têm de a descarregar para o seu telemóvel (ou outro dispositivo móvel) e inserir os dados.

Esta é uma forma tão simples de ajudar. Basta descarregar uma aplicação (GatherIQ) e perder algum tempo a inserir uns dados, sabendo que estamos a contribuir para algo importante e cujo resultado final beneficia a todos. Porque preservar o planeta é benéfico não só para as espécies em risco de extinção, mas para todos nós.

O SAS orgulha-se de fazer parte do movimento Data for Good, que incentiva o uso de dados para resolver problemas humanitários em torno da pobreza, da saúde, dos direitos humanos, da educação e do meio ambiente. Esta é apenas uma das histórias #DataforGood entre as várias que Fernando Braz, Director Executivo do SAS Portugal, apresentou hoje no Digital Business Congress da APDC.

Para saber mais sobre a aplicação Gather IQ App, consulte este site: AQUI.

Deixar uma resposta