GDPR: Proteger os dados pessoais

Todas as empresas têm como obrigação a protecção dos dados pessoais dos seus clientes, com especial enfoque para os dados sensíveis (diga-se informação sobre dados bancários/de pagamento). Mas há sectores onde esta protecção é ainda mais sensível. As utilities é um desses casos. Gorkem Sevik lembra, num artigo publicado na Hidden Insights, do incidente da Central Hudson Gas & Electric, ocorrido em 2013. Quando a empresa detectou uma intrusão nos seus sistemas optou por avisar todos os clientes através de um sistema automático e accionou todo um conjunto de medidas de monitorização aos créditos dos seus clientes.

Feitas as contas o que a empresa gastou com estas iniciativa foi infinitamente menor do que se não tivesse feito nada. Os custos na reputação seriam substancialmente maiores.

E com a massificação de tecnologia como a Internet das Coisas (IoT) e o recurso a grelhas inteligentes essa preocupação (com os dados pessoais) tende a escalar. Tanto mais que faltam apenas alguns meses para a entrada em vigor do novo Regulamento Europeu Geral de Protecção de Dados – vulgo GDPR.

Mas, no caso da energia (e da utilização das redes inteligentes) surgem questões como:

  • O que diferencia os dados sobre o consumo de energia de outros dados?
  • De que forma os dados dos consumidores e a sua privacidade pode ser protegida (da melhor forma)?
  • Quais os mecanismos disponíveis para assegurar a protecção de consumidores com baixos rendimentos?
  • De que forma isto se relaciona com a protecção dos dados ou com os efeitos adversos de tarifas flexíveis?

Questões que levaram à criação de um grupo de trabalho na Comissão Europeia e consequente elaboração de um conjunto de recomendações com o objectivo de assegurar a privacidade e a ciber-segurança neste tipo de sistemas/redes.

Uma forma de obter resposta para todas as dúvidas e de saber o que se deve fazer para cumprir o novo Regulamento é assistir a webinares. O SAS criou uma série de webinares com o objectivo de abordar as várias temáticas sobre o GDPR. Que podem ser assistidos, gratuitamente, em tempo real, ou através de vídeo-on-demand.

O próximo webinar decorre hoje às 15 horas e é de frequência gratuita.

Assista, tire todas as suas dúvidas e prepare-se para o próximo dia 25 de Maio.

Webinares series: GDPR in Action: from ‘what’ to ‘how’

 

Deixar uma resposta