Porque é que lidar com Big Data requer um outro tipo de gestão de dados?

BigDataÉ evidente que os políticos e os gestores de topo consideram presentemente os dados como um meio estratégico empresarial. Trabalhar com Big Data já deixou de ser uma moda há algum tempo e continua a ter grande impacto nas organizações. Porém, quanto mais poderosa uma tecnologia, tanto mais ênfase temos de colocar na gestão. E, nesse âmbito, Big Data significa um novo desafio.

O Big Data traz muitas fontes de dados novas, internas e externas, com as quais as organizações podem utilizar os dados de outras formas, de modo a conseguirem vantagem concorrencial. Com as novas fontes de dados, por exemplo, pode pensar em dados não estruturados, como documentos Word, e-mails e registos de chamadas telefónicas, os quais anteriormente não eram passíveis de ser analisados. Também dados de redes sociais e fluxos de dados em tempo real através de aplicações, sensores e medidores inteligentes de dados da Internet of Things.

Decisões
O Big Data conduz, portanto, a uma alteração do modo como as organizações lidam com os dados. Novas fontes de dados garantem não só mais possibilidades mas também outras formas de trabalhar nos vários departamentos. E ter mais dados não significa necessariamente tomar melhores decisões. Por isso, o Big Data requer novas estratégias e nova gestão de dados nas organizações. Enquanto não existir um programa consistente de gestão de dados que controle informações como qualidade de dados, significado dos dados e papel/responsabilidade em torno dos dados, o Big Data pode funcionar de forma imprecisa e não ser adequado para o objetivo que se pretende alcançar. Nesses casos uma decisão baseada em terabytes de dados incorretos é mais grave do que uma decisão com base num pequeno conjunto de dados incorretos.

Lições para gestão de grandes quantidades de dados
As organizações que trabalham com iniciativas de Big Data podem aprender com as lições de gestão de dados e as sugestões dos que primeiro adotaram este conceito. É, por isso, importante lidar com aspetos de gestão de dados desde o início, para que a privacidade e a segurança possam ser abordados diretamente, para que a relevância dos dados seja entendida e a perspetiva analítica obtida conduzam a melhores decisões. Quer conhecer mais melhores práticas? Então assista a este webcast: Data Governance – A holistic Approach

 

 

Deixar uma resposta